Whiplash – Em Busca da Perfeição

Whiplash Poster 2

Whiplash – Em Busca da Perfeição é um dos indicados para melhor filme no Oscar de 2015 e tem ao lado de seu nome o belo asterisco de ser o pior filme em bilheteria concorrendo entre os indicados.  Injusto, já que é um belo de um filme e não perde nada – se não supera – alguns dos outros indicados a melhor filme. Ele mostra um jovem e promissor baterista de jazz na melhor faculdade de música dos Estados Unidos, lugar onde sua busca por grandeza acaba tendo uma relação conflituosa com um professor exigente, disciplinar e abusivo. O jovem, Andrew, é interpretado por Miles Tenner que já sabia tocar bateria desde os 15 anos, por causa disso, consegue ser convincente fazendo todas as cenas do filme sem uso de dublê. O professor Fletcher é J.K. Simmons, um ator que todo mundo conhece de alguma pequena parte aqui ou ali – ele é o chefe do Homem-Aranha na trilogia antiga e quem dubla Cave Johnson em Portal 2 –  e sua marca pro grande público é sempre fazer alguém gritão autoritário que manda em outras pessoas e, esse mesmo papel, em Whiplash, causa num primeiro momento um conforto, já que se encaixa no estereótipo que temos dele, mas logo se mostra mais complexo, te surpreendendo ao te fazer pensar qual o proposito de todo esse comportamento. Será que ele faz tudo isso apenas para si, pelos outros ou pela arte?

Continuar lendo